7 DICAS PARA USAR O BING ADS NA SUA EMPRESA

7 Dicas para usar o Bing ADS na sua Empresa

É estranho falar que existe um concorrente do Google, porém há sim. Criado em 2009, o Bing é o segundo maior e mais popular mecanismo de busca do mundo. E assim, como o principal buscador, ele também tem um Adwords, o Bing Ads

Como uma ferramenta que tem como principal objetivo atrair a audiência para o seu site e depois converter, ela tem se tornado uma alternativa interessante para quem está querendo diversificar a sua estratégia de tráfego pago.

Inclusive, essa é uma estratégia que se torna ainda mais interessante se levar em consideração o perfil das personas do seu negócio. Isso porque, ao contrário da plataforma concorrente, o Bing é mais segmentado.

Isso quer dizer que, ao contrário de outras plataformas, é possível direcionar as ações, já que segundo os dados da CamScore, mais de 1/3 dos usuários de desktops usados nos Estados Unidos para acessar e buscar possuem entre 55 a 64 anos.

Além disso, vários dispositivos — desktops e mobiles — utilizam essa plataforma da Microsoft como um buscador padrão. Às vezes tendo somente ele instalado, o que pode representar uma oportunidade de conquistar novos usuários.

Porém, quando falamos do Bing Ads, o alcance, geralmente, é em desktops. Assim, se estiver interessado em diversificar a sua estratégia de tráfego pago e direcionar para públicos mais específicos, caso o perfil dos usuários seja semelhante ao do seu negócio, o Bing Ads é uma ferramenta interessante.

Agora, se ainda estiver em dúvida e queira conhecer as suas funcionalidades e como usar, a seguir separamos 7 dicas para te orientar em como usar essa ferramenta na sua capacidade máxima. Continue a leitura e entenda melhor.

1 – UTILIZE A FUNÇÃO DO FUSO HORÁRIO NOS SEUS ANÚNCIOS

Uma das funcionalidades mais interessantes do Bing Ads, é justamente um diferencial, ou seja, a possibilidade de especificar alguns fusos horários para que os seus anúncios apareçam.

Afinal, por que anunciar às 3 da manhã se é possível aproveitar o pico de acessos à tarde? Desta forma aproveitando os horários mais propensos em diversos lugares do mundo.

Além das possibilidades de perda de investimento serem enormes sem essa funcionalidade, você ainda consegue segmentar o seu público para os melhores horários do dia.

Bing Ads

2 – SEGMENTE QUAIS DISPOSITIVOS IRÃO RECEBER ESSA PUBLICIDADE

O Bing Ads também possibilita o controle de quais dispositivos irão receber os anúncios da sua empresa. Ou seja, se quer se concentrar em desktops ou mobiles.

Essa é uma função que pode ser muito útil para quem possui perfis de clientes mais novos ou com faixas etárias mais avançadas que costumam acessar pelos celulares e computadores, respectivamente.

Inclusive também é possível segmentar os sistemas operacionais em que os anúncios irão aparecer e começar a incentivar a conversão. Assim, direcionando para perfis mais propensos a se tornar um dos seus clientes.

Com certeza esse nível de detalhamento é uma das características que mais chamam a atenção dos profissionais de marketing digital.

3 – CONHEÇA E ANALISE OS SEUS CONCORRENTES

Conhecer os seus concorrentes é uma das premissas mais importantes de uma estratégia de marketing digital, por isso que o Bing Ads também possui uma função que permite espionar as empresas do mesmo segmento.

Isso quer dizer que o Bing fornece métricas detalhadas sobre quantas impression share a empresa teve, qual o posicionamento médio das suas páginas, quanto foi aproveitado e qual o sucesso da marca.

Com certeza essa é uma das funções mais úteis para conhecer essa ferramenta, afinal, com essas informações é possível criar estratégias mais direcionadas e aprender com os próprios concorrentes.

4 – FAÇA O REMARKETING COM OS USUÁRIOS

Mesmo que haja muitos que pensam que criar anúncios é uma estratégia certa para que a jornada de compra seja finalizada não é bem assim. Isso porque o usuário pode acessar a página, mas não continuar com a navegação.

Por isso, o Bing Ads possui a função Custom Events, que é um meio de fazer remarketing com os usuários que você “perdeu”.

Assim, como outras funcionalidades do Bing, você pode segmentar o público que quer começar a implementar o remarketing, ou seja, enviando e-mails e mensagens para incentivar a volta para a sua plataforma.

5 – LEMBRE-SE DE AJUSTAR AS REGRAS AUTOMÁTICAS

A automação é uma das características mais importantes na vida de um empreendedor, afinal, essa é uma ferramenta que ajuda a otimizar processos.

Porém, ela só é interessante quando entrega atividades com qualidade.
Por isso, o Bing Ads permite que você crie as suas próprias especificações e depois coloque no “piloto automático” para que possa economizar tempo e garantir que os processos sejam executados de maneira eficaz.

6 – COMPREENDA O TOP MOVERS

O Bing Ads também tem outra função que vale a pena se atentar, o Top Movers, que tem como objetivo ajudar a otimizar os anúncios ao descobrir o porquê as campanhas têm tido resultados tão discrepantes.

Isso quer dizer que o Bing mostra uma lista das suas campanhas de anúncios com as porcentagens de desempenho em 2 períodos, como o teste A/B e você poderá identificar onde e porque estão acontecendo essas variações.

Bing Ads

7 – USE AS EXTENSÕES DE ANÚNCIOS

Assim como outras ferramentas e plataformas, o Bing Ads também possui plugins que podem te ajudar a criar campanhas de anúncios mais eficientes para o tráfego pago da sua empresa.

No total existem 7 tipos de extensões que você pode adotar, entre elas: sitelink, call, location, app, review, image e callout. Para decidir qual e quando usar é importante conhecer cada uma delas.

Afinal, elas podem ser extremamente úteis para alcançar o melhor resultado nas campanhas. O call, por exemplo, possibilita que os usuários ao encontrarem os anúncios consigam ligar para o seu negócio diretamente da SERP.

Desta forma, otimizando ainda mais os processos de publicidade que essa plataforma pode entregar. Ficou claro para você como o Bing Ads pode ser uma ferramenta que vale o investimento? Mesmo sendo um concorrente do maior mecanismo de busca, ele ainda se destaca por conta de algumas funcionalidades.

Assim, se tiver alguma dúvida ou queira deixar o seu comentário, não deixe de dar a sua opinião no espaço abaixo.

Para saber mais sobre como montar uma operação de ecommerce, baixe o e-book.