E-mail Marketing para e-commerce, 3 estratégias fundamentais

E-mail marketing para e-commerce é um canal de comunicação direta, que ajuda a estreitar o relacionamento do cliente e da loja virtual, para isso são utilizadas estratégias e ferramentas de automação que possibilitam a realização das campanhas de e-mail.

Esse meio de comunicação é uma das principais estratégias de marketing, ela pode servir para estreitar o relacionamento, gerar mais engajamento, divulgar promoções, captar leads e qualificá-los, entre outras possibilidades.

Com o aprimoramento das técnicas e tecnologias, o e-mail marketing passou a ser visto como um excelente meio para alavancar o resultado de um e-commerce, sendo esquecido como sinônimo de spam.

Agora vamos entender mais sobre este método, que muitas vezes é ignorado, mas se tornou indispensável para os negócios que querem ter mais resultados nas suas vendas on-line.

O que é E-mail Marketing para E-commerce?

É uma estratégia de marketing direto que visa alcançar um objetivo específico, com o disparo de e-mails para uma lista de contatos de um determinado negócio.

Geralmente são utilizadas ferramentas de CRM e automação que possibilitam o envio de e-mails com uma boa segmentação dos clientes dentro do funil de vendas, possibilitando o envio da mensagem certa, para a pessoa certa no momento mais adequado.

O primeiro e-mail surgiu no ano de 1971, desenvolvido pelo programador Ray Tomlinson, que tinha o objetivo de se comunicar de forma mais eficiente com sua equipe de trabalho e assim ficou conhecido o primeiro envio de e-mail.

Já o primeiro envio em massa ocorreu no ano de 1978, quando Gary Thuerk enviou uma promoção de computadores da empresa em que ele trabalhava para cerca de 400 pessoas, resultando em um número grande de vendas.

Com o passar dos anos, o e-mail entrou no cotidiano das pessoas, e foi cada vez mais utilizado pelo marketing para a divulgação de marcas, produtos e promoções.

Esse fato acabou incomodando os usuários, por estarem recebendo mensagens indesejadas e sem nenhuma permissão, comprometendo a reputação do e-mail marketing.

Com uma grande quantidade de e-mails inundando a internet, os provedores começaram a criar regras mais rígidas para tentar barrar mensagens indesejadas .

Foi aí que as empresas começaram a mudar as estratégias para tornar as prática de envio mais adequadas, assim, os envios passaram a ser feitos para leads que permitiam o envio das mensagens, e se criou uma lista enorme de boas práticas para e-mail marketing.

Utilização do E-mail Marketing para E-commerce

O e-mail marketing pode ser muito útil para divulgar produtos e promoções, mas ele pode ir muito além destas abordagens.

Essa estratégia traz uma grande vantagem pois gera acesso a um canal pessoal, de um contato que deu permissão para receber o conteúdo da loja on-line.

É uma oportunidade que deve ser aproveitada, para desenvolver mais proximidade e uma relação duradoura com o cliente.

Vamos conhecer algumas estratégias, que podem ser utilizadas para a captação de uma base de contatos, sendo essencial na nossa jornada para criar as campanhas de e-mail marketing.

Como captar bases de contato?

Existem diversas formas para a captação de e-mails, vamos conhecer algumas delas para desenvolvermos ou aumentarmos a lista de contatos de um e-commerce. O mais importante é construir a sua base e não comprar os contatos, vamos a algumas técnicas:

  • Dê um incentivo para o cadastro: pode ser oferecido um cupom de desconto para o cadastro do e-mail na loja virtual, essa é uma estratégia simples que pode funcionar muito bem;
  • Captura na saída do site (pop-ups): podem ser criadas mensagens personalizadas , que aparecerão para o lead que entrou no site e está prestes a fechar a página;
  • Leads ADS-Meta: possibilita a captação de e-mails através de campanhas pagas no Facebook ADS. O anúncio impacta os usuários, que podem deixar seus e-mail sem precisar sair da rede social, facilitando a conversão e melhorando a experiência do usuário.
  • Landing Page de captação: criação de uma página que contenha um conteúdo de valor, para atrair o lead e captar o seu e-mail;
  • Faça limpeza na sua base (hard-bouces): além da importância da captação de novos e-mails em sua base, deve ser feita a higienização dos contatos para evitar problemas. Os e-mails que voltam ao remetente por algum problema de (hard-bouce), geralmente, por serem contatos inválidos, podem causar bloqueios ou uma diminuição na entrega dos seus e-mails na caixa de entrada.

Tipos de campanha de E-mail Marketing para E-commerce

Existem alguns tipos de e-mail marketing que podem ser utilizados em diferentes situações e de acordo com os objetivos escolhidos por um e-commerce, até mesmo aquele e-mail de confirmação da compra ou de boas vindas, pelo cadastro na loja virtual, podem ser incluídos na sua estratégia. Confira os tipos de e-mails!

E-mails de ofertas (Broadcast)
Nesse tipo de e-mail a função é promover a venda de algum produto, para isso a sua comunicação deve ser mais comercial, contendo promoções, preços e links para a página de compras.

O principal foco desta estratégia é gerar uma conversão, sendo assim, é importante a utilização de imagens dos produtos, CTA (chamada para a ação), como: aproveite agora e compre agora com desconto.
Para alcançar bons resultados nos e-mails de ofertas, podem ser utilizadas algumas estratégias:

  • Criação de um calendários com as principais ofertas do e-commerce: organização dos produtos que vão estar em oferta e as promoções especiais, para a divulgação nos e-mails;
  • Ter uma boa frequência de disparos de e-mails, sendo recomendado uma vez por semana;
  • Fazer uma boa segmentação da base: criar e-mails personalizados com uma boa segmentação de público, podendo melhorar a abertura e conversão dos e-mails ;
  • Utilização de datas do varejo para enviar os e-mails: dia dos namorados, dia das mães, dias dos pais, entre outras.
  • Criação de ações internas do e-commerce: desenvolvimento de descontos em diferentes categorias de produtos: mais vendidos, nova coleção, lançamentos e também, o desenvolvimento de uma ação recorrente (por exemplo, uma promoção realizada em um determinado período do mês).

Transacionais
Este modelo de e-mail é utilizado para enviar mensagens informativas aos clientes, após ter realizado uma compra na loja virtual, vamos conferir algumas mensagens deste tipo:

  • Envio de boleto;
  • Confirmação de compra ou compra recusada;
  • Troca de senha;
  • Acompanhamento do pedido;
  • Ticket de atendimento.

Automações
E-mails automáticos podem ser disparados de forma individual ou para campanhas mais extensas. Um bom exemplo é quando um novo cliente faz o cadastro no site de um e-commerce e um e-mail de boas vindas é enviado automaticamente para ele.

As mensagens automáticas são usadas para responder uma ação específica feita pelos cliente, como a citada acima. Vamos conhecer mais alguns exemplos:

  • Carrinho abandonado: envio de uma mensagem lembrando o consumidor de não ter finalizado a compra;
  • Visitou a loja: mandar uma mensagem de boas vindas ou oferecendo algum desconto para a primeira compra;
  • Aniversário: antes da data do aniversário pode ser enviado um cupom de desconto para o cliente e no dia do seu aniversário, parabenizá-lo;
  • Up-sell: enviar produtos complementares para aumentar o ticket médio da compra. Quem comprou um celular pode querer complementar a compra com uma capinha, película ou uma garantia do produto.
  • Cross sell: enviar uma sugestão de produto que complemente ou tenha relação com um produto já adquirido. Quem comprou uma geladeira, pode estar no momento de melhorar sua cozinha, vale a pena oferecer itens complementares para este ambiente.

Ferramentas de E-mail Marketing para E-commerce

As ferramentas de e-mail marketing são utilizadas para a criação das campanhas de e-mail, facilitando a sua organização e disponibilizando algumas soluções que vão otimizar a entrega das mensagens, algumas ações que podem ser feitas com as ferramentas:

  • Segmentação dos contatos;
  • Criação e edição de templates;
  • Automação de disparos;
  • Acompanhamento das métricas das campanhas.

Podemos dividi-las em duas categorias, as ferramentas de entrada e as ferramentas mais avançadas. Também, é importante destacar que dependendo do software, podem conter ou não soluções mais avançadas, conheça alguns softwares e as categorias que se encaixam:

Ferramentas de entrada: Mailchimp, RDstation, Dinamize, entre outras.

  • IP compartilhado: Utilizado para uma menor quantidade de envios de e-mails mensais;
  • Automação limitada:
  • Conteúdo dinâmico limitado : capacidade limitada de informações sobre o comportamento e preferências do cliente.

Ferramentas avançadas: Allin, Active Campaing, Sales Force, Oracle Responsys, entre outras:

  • Ip dedicado: utilizado para disparar grandes quantidade de e-mails mensais (recomendado para mais de 300.000 e-mails mensais);
  • Automação mais profunda;
  • Conteúdo dinâmico: capacidade de utilizar informações de acordo com o comportamento do cliente, para entregar conteúdo que seja do seu interesse.

Como contratar as ferramentas de E-mail Marketing para E-commerce?

Um e-commerce que deseja iniciar suas campanhas de e-mail marketing vai passar pela fase de conhecer e avaliar qual o melhor software para a sua demanda. Separamos alguns pontos importantes para avaliação na hora de procurar a melhor ferramenta de e-mail marketing:

  • Avalie qual é o tamanho da sua base de e-mails;
  • Defina a quantidade de ações mensais, quantos e-mais em média serão disparados;
  • Faça um orçamento com as plataformas que se encaixarem melhor com as características do e-commerce.

O que fazer no E-mail Marketing para e-commerce para ter bons resultados!

  • Testes A/B de títulos para aumentar a taxa de abertura: o título deve chamar a atenção, despertar curiosidade, para que o lead queira abri-lo. Quanto mais personalizado e direto, melhor o resultado;
  • Utilize o título do e-mail + Pré-Header (descrição que aparece após o título, descrevendo o assunto do e-mail) como complemento;
  • Utilize Emojis: eles vão dar destaque diante dos outros e-mails, na caixa de mensagens de quem recebeu;
  • Personalize com dados do cliente: podem ser utilizados no e-mail o nome do lead, data de aniversário, interesses de compra, entre outros;
  • CTA (chamada para ação) antes da dobra: é importante que o objetivo do e-mail fique claro logo no início, uma boa porcentagem das pessoas que abrem os e-mails não rolam a página para baixo;
  • Html e imagens leves, menos de 350kb: imagens enviadas acima desse peso podem dificultar o carregamento das mesmas e prejudicar a entrega dos e-mails;
  • 1 vez por mês dispare um e-mail para toda a base com uma oferta arrasadora. Esta campanha irá reengajar novos usuários que não abriam emails, e manter sua base de contato saudável.

O que não fazer no E-mail Marketing para E-commerce!

  • Cuidar com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais): se relaciona com a permissão do uso e captação de dados dos leads. O ponto-chave é deixar claro para o contato a importância de ter os dados e de que forma serão utilizados;
  • Não compre base: essa prática pode levar seus e-mails para o spam e prejudicar a reputação;
  • Não troque base com outras lojas: enviei e-mails somente para os contatos que foram captados pelo e-commerce e que foram autorizados pelos leads.

Depois de saber o que é e-mail marketing para e-commerce, os tipos de ferramentas e as principais estratégias utilizadas, você já está preparado para otimizar os resultados da sua loja virtual! Entre em contato com a Trevl Digital e faça o seu negócio acelerar.

Para saber mais sobre como montar uma operação de ecommerce, baixe o e-book.